Em dérbi eletrizante e polêmico, Richarlison é expulso e Everton e Liverpool empatam

Em um clássico eletrizante, com quatro gols e muita polêmica, Everton e Liverpool acabaram ficando no empate em Goodison Park, resultado que acabou com os 100% de aproveitamento dos Toffees na Premier League.  Os Blues seguem na liderança do Campeonato Inglês, com 13 pontos, enquanto os Reds sobem ao segundo lugar, com dez, mas ainda podem ser ultrapassados na rodada.

Dérbi começa eletrizante O início do Liverpool foi simplesmente avassalador. Depois de tabela com Firmino na direita, Salah inverteu o jogo e a bola ficou com Robertson na canhota. O lateral ganhou sua dividida e rolou para Mané bater sem chance alguma de reação para Pickford.  As jogadas de Salah saindo da direita para o meio, buscando a parede de Firmino, se mostraram eficientes para o time de Jürgen Klopp abrir espaços na defesa de Carlo Ancelotti.

O Everton demorou um pouco para entrar no jogo.  Os Toffees aproveitaram um momento de indefinição da zaga dos Reds, que teve de se adaptar após van Dijk ter saído por lesão, para crescer na partida. As bolas nas costas da defesa passaram a preocupar Klopp.  As primeiras oportunidades foram de Calvert-Lewin, que colocou Adrián para trabalhar duas vezes.

A segunda defesa do goleiro gerou o escanteio que resultou no empate: Michael Kean recebeu o cruzamento de James e ganhou de Fabinho no alto para empatar.  Alexander-Arnold quase recolocou sua equipe em vantagem poucos minutos depois. Em cobrança de falta ensaiada, o lateral mandou no ângulo e Pickford fez uma grande defesa para evitar que a bola entrasse.

O primeiro tempo terminou com boas chances dos dois lados, mas sem mais gols.  Emoção e polêmica O dérbi continuou muito bem disputado no segundo tempo, com rivais aproveitando cada centímetro do campo. As inversões de bola de Thiago e James eram fundamentais para abrir as defesas.  Richarlison quase empatou ao receber cruzamento na medida de James.

O atacante brasileiro apareceu nas costas de Arnold e desviou de cabeça, mas a bola pegou no poste de Adrián. Protagonista, James tentou em seguida um chute no cantinho, e Adrián fez a defesa.  A resposta do Liverpool foi fatal. Yerri Mina falhou ao cortar cruzamento da direita e a bola sobrou limpa para Mohamed Salah, que bateu bonito e marcou seu centésimo gol pelos Reds.

O terceiro gol quase saiu quase na sequência. Matip ganhou da zaga adversária na área e mandou cabeçada no canto, mas Pickford fez uma defesa de muito reflexo para manter os Blues vivos.  O Liverpool parecia cada vez mais confortável em campo, mas Digne apareceu em velocidade na ponta canhota, aproveitando descida de Robertson, e cruzou na medida para Calvert-Lewin ganhar no alto e empatar mais uma vez em cabeçada.

O dérbi ficou alucinante, elétrico e emocionante. Polêmico também. Faltando um minuto para o fim do tempo regulamentar, Richarlison foi expulso por entrada duríssima em Thiago. Foram cinco minutos de acréscimos de pressão dos Reds, que conseguiram mandar uma bola para a rede com Henderson, mas o VAR marcou um impedimento muito polêmico e decretou a igualdade.

O Gol 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *