Em apreensão recorde, PRF prende caminhoneiro com 10 toneladas de maconha

Um caminhoneiro suspeito de tráfico de drogas foi preso em flagrante, neste domingo (30), em Irati, com 10 toneladas de maconha. Foi a maior apreensão de drogas da história na região centro-sul do Paraná.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), a apreensão aconteceu na BR-277. O caminhoneiro informou que vinha da região de Ponta Porã (MS), na fronteira com o Paraguai.

Os agentes faziam uma fiscalização de rotina quando perceberam a ausência do disco do tacógrafo — equipamento responsável por registrar o histórico de velocidade dos caminhões. O equipamento é obrigatório.

Da mesma forma, faltavam um pneu e o estepe. Em uma busca mais minuciosa, os policiais perceberam que havia um material sólido sob uma camada superficial de milho. Eram diversos fardos de maconha.

O caminhão foi levado a um pátio da concessionária responsável pela BR-277, em Irati, onde a droga foi pesada. O conteúdo ilegal totalizou 10.387 kg. Pelo menos duas retroescavadeiras foram usadas para manusear os fardos:

O caminhoneiro suspeito de tráfico de drogas, de 44 anos, foi preso em flagrante e encaminhado à Polícia Civil de Irati. Ele afirmou desconhecer o conteúdo da carga.

Com as 10 toneladas apreendidas neste domingo, na BR-277, em Irati, a PRF acumula 106 toneladas de maconha apreendidas em 2020. O montante é quase duas vezes maior do que o total apreendido no ano passado (58 toneladas de maconha).

Edição: Angelo Sfair

Paraná Portal 

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *