A deputada federal paraibana Edna Henrique negou, nesta quinta-feira (8) que, diferentemente do que a imprensa nacional especulou, esteja cogitando sair do PSDB e migrar para o PROS para seguir alinhada ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Mesmo em se tratando de uma legenda presidida pelo próprio filho, Michel Henrique.

De acordo com informações divulgadas no início desta semana pela Folha, a insatisfação de Edna e de alguns outros poucos políticos peessedebistas seria porque o partido já estaria preparando terreno para assumir uma identidade própria, reforçar o viés de oposição ao governo Bolsonaro e partir para a disputa eleitoral em 2022.

Para tanto, o PSDB já teria endurecido o discurso de oposição e iniciado o processo de isolamento de parlamentares do partido com ligação mais estreita com o presidente e, nos Estados, começado a ensaiar uma aproximação, inclusive, com partidos de esquerda. (Clique aqui e confira detalhes)

A parlamentar também negou ter intenção de tirar quaisquer licenças como algumas pessoas já tinham comentado. Se isso acontecer, garante, será unicamente por recomendação médica.

ParaíbaRádioBlog 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui