Nada como uma goleada para recuperar os ânimos depois de uma derrota dolorosa. Depois de perder jogo decisivo para o Bayern de Munique, o Borussia Dortmund atropelou o Paderborn por 6 a 1, com direito a três gols de Jadon Sancho. A goleada deixa o Dortmund com 60 pontos e com a vice-liderança, embora sete pontos atrás do líder Bayern, favorito absoluto ao título nesta altura.

O Paderborn tem apenas 19 pontos e é o lanterna. Desânimo pós-derrota A derrota para o Bayern deixou feridas no time aurinegro, e não apenas emocionais. A ausência de Haland, lesionado, deixou a equipe desfigurada no ataque, com um trio criativo e talentoso formado por Sancho, Brandt e Hazard, mas sem um definidor de ofício.

O resultado no primeiro tempo foi um Dortmund explorando sem sucesso jogadas pelos lados, sem ter uma referência na área para concluir. A movimentação também não foi das mais fluídas e só melhorou nos minutos antes do intervalo, quando a superioridade técnica do Dortmund ficou evidente.

Foi também quando surgiu a primeira grande oportunidade do jogo, em boa jogada pela direita que terminou com passe para Brandt. Livre na entrada da área, o meia pegou mal na bola e mandou longe do gol. Gols e bom futebol no segundo tempo O segundo tempo foi bem diferente. O time de Lucien Favre voltou com mais intensidade e mais organizado.

As oportunidades não demoraram para surgir e logo viriam os gols. Zingerle fez defesa incrível com a ponta do pé logo aos quatro minutos, quando Hakimi já parecia pronto para comemorar o 1 a 0. Logo depois, Hazard perdeu de forma ainda mais incrível na pequena área, em cruzamento rasteiro açucarado de Sancho.

O ponta ao menos se redimiu com nove minutos, aproveitando rebote do goleiro para empurrar para o gol vazio. O Paderborn teve de sair para o jogo e ficou tudo mais fácil para o Dortmund. Em contra-ataque veloz, Sancho fez o segundo aos 12, livre, com assistência de Brandt. O time da casa – vazia – partiu para o desespero e teve um gol bem anulado por impedimento e descontou em pênalti questionável, com bola no braço de Emre Can. Hunemeier converteu.

Apesar da tentativa de reação, o Paderborn mostrou o resultado de se abrir contra o Dortmund: tomou mais dois gols em sequência. Sancho marcou seu segundo na partida ao aproveitar passe de Hazard na área, ajeitando para a esquerda e acertando o canto.

Depois foi a vez de Hakimi se redimir do gol perdido na volta do intervalo. Ainda houve tempo para um quinto gol, de Schmelzer, e um sexto, novamente com Sancho. Nada como uma goleada para curar as mágoas…

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui