Descrente com a classe política, o Bispo Dom Eraldo Bispo surpreendeu em realização de missão na Diocese de Patos-PB e chamou a atenção dos políticos de toda Paraíba-PB, quiçar do Brasil quando revelou: “Que não existe missa para posse de prefeito e sinalizou que até cadeira na diocese para esse tipo de invenção que foi criada nas igreja há bastante tempo que a partir hoje não existe mais” e disparou: “Em nossa Diocese não haverá mais esse tipo de missa que não existe e enquanto estiver em Patos não haverá em nenhuma comunidade da cidade”, sentenciou.

Dom Eraldo Bispo foi mais além e disse; “Enquanto estiver na Diocese não existe mais cadeiras destacada para os políticos (referindo-se as cadeiras da frente para o Púlpito e afirmou que existe missa pra tudo exceto missa de prefeito e revelou ainda que não existe esse ritual de posse de prefeito e que existe são orações e que os políticos compareça, em missa normal com os fiéis”, e reafirmou enquanto estiver à frente da Diocese de Patos não haverá bancos para políticos e nem missa que não existe, condenou o Bispo.

Contudo, Dom Eraldo Bispo ressaltou que qualquer católico pode se dirigir a igreja pra rezar e aproveitando o momento lembrou aos fiéis que venham pra confissão antes, quando levantou o tom da voz e disse: “os católicos que pecaram muito na eleição que difamou, xingou, comprou votos, foi corrupto tem que se confessar pra comungar e foi finalizando reiterando que não haverá cadeira destacada para políticos”, Dom Eraldo Bispo concluiu sua fala dizendo que tem respeito as pessoas e que é preciso colocar tudo em seu devido lugar”, finalizou.

A reportagem do Paraíba Urgente tentou o contato com o atual prefeito de Patos e ex-prefeitos mas ninguém quiz se pronunciar sob a polêmica criada pelo Bispo Dom Eraldo.

Paraíba Urgente 

 

 

 

 

 

Compartilhar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui