A noite de sexta-feira, 10, foi de muita tensão em um prédio na Avenida Epitácio Pessoa, próximo à Academia Prodígio, em Tambaú. Por volta das 18 horas, um homem em surto psicótico e armado com uma faca gerou apreensão nos pais e moradores. O major Bruno Rodrigues, comandante da Companhia Especializada em Apoio ao Turista (CEATur) informou que foram justamente os pais do homem que ao perceberem a alteração do humor e a agressividade do rapaz, deixaram o apartamento em que moram e chamaram a PM.

Com uma faca em mãos, o rapaz ameaçava se matar. Ele chegou a se machucar, mas foi contido pelos policiais que o encaminharam para atendimento médico inicialmente para sanar as lesões que foram feitas por ele próprio. Depois, o paciente será levado para assistência psiquiátrica.

À PM, a família informou que o rapaz tem problemas mentais. Ao contrário do que foi divulgado nas redes sociais, ele não feriu ou ameaçou ninguém além dele mesmo.

Atendimento – Um surto psicótico é um estado mental crítico e perturbador que faz alguém acreditar que algo é mais perigoso ou grave do que de fato é. Pode durar minutos ou horas.

Em João Pessoa, pacientes em surto podem ser encaminhados para o Pronto Atendimento de Saúde Mental (PASM), localizado no Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcísio de Miranda Burity (Ortotrauma). O PASM é o único serviço municipal de urgência na Paraíba e também atende a região metropolitana de João Pessoa. A unidade atende casos de ideação suicida, distúrbios psiquiátricos em fase aguda e descompensação dos tratamentos psiquiátricos com aparecimento de sintomas patológicos agudos. O telefone do PASM é (83) 3218-9725.

ParlamentoPB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui