Em documento enviado à PGR, os procuradores pedem desligamento dos trabalhos na operação até o final deste mês .

Um grupo de sete procuradores da República da força-tarefa da operação “Lava Jato” em São Paulo apresentou, nesta quarta-feira (2), um pedido de desligamento coletivo ao procurador-geral da República, Augusto Aras.

Eles argumentam “incompatibilidades insolúveis com a atuação da procuradora natural dos feitos da referida força-tarefa, Dra. Viviane de Oliveira Martinez”, sub-procuradora enviada por Augusto Aras para assumir a coordenação das atividades do grupo em São Paulo.

O pedido de demissão do grupo acontece um dia depois do anúncio da saída de Deltan Dallagnol da coordenação da Lava Jato em Curitiba.

Entre os procuradores que assinaram o pedido de desligamento estão Janice Agostinho Barreto Ascari, Guilherme Rocha Göpfert, Thiago Lacerda Nobre, Paloma Alves Ramos, Marília Soares Ferreira Iftim, Paulo Sérgio Ferreira Filho e Yuri Corrêa da Luz, destaca o portal G1.

Renova Mídia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui