Foi suado, mas o Ceará foi buscar mais uma vitória no Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, o Vozão recebeu o Coritiba, na Arena Castelão, e não teve vida fácil. Com a bola rolando, o Coxa abriu o placar logo cedo e fez o que pôde para dificultar a vida da equipe alvinegra, que, eficiente, conseguiu a virada: 2 a 1.

Com o resultado, o time comandado por Guto Ferreira soma 24 pontos e ocupa a oitava colocação no Brasileirão. Do outro lado, os paranaenses permanecem com 16 e amargam a vice-lanterna. Ritmo acelerado Não faltou emoção nos primeiros minutos de bola rolando na Arena Castelão. Logo aos 12 segundos, Fernando Sobral teve boa oportunidade e assustou a meta defendida por Wilson. Logo na sequência, o Ceará deu bobeira, Eduardo Brock furou na entrada da área, entregou nos pés de Rodrigo Muniz, que, ligado, bateu na saída de Fernando Prass para abrir o placar em favor do Coritiba.

Sem deixar barato, o Vozão buscou responder à altura e chegou ao empate. Aos sete, Léo Chú desceu com liberdade pelo lado esquerdo e tocou para o meio da área. Vina apareceu na segunda trave e completou para o fundo das redes. O ritmo não baixou e o jogo continuou intenso na capital cearense. Em duelo franco, o time da casa conseguiu ser mais perigoso no ataque.

Nas melhores oportunidades, Eduardo finalizou com desvio e acertou a trave, e Vina forçou grande defesa de Wilson. Vozão vira, se segura e vence Na volta do intervalo, o time comandado por Guto Ferreira usou sua eficiência característica para buscar a virada. Aos seis, Cléber aproveitou cruzamento de Sobral e cabeceou no travessão.

Na sobra, Eduardo foi esperto e mandou para dentro. O Coritiba tentou responder de forma imediata e quase empatou a partida. Em contra-ataque, Nathan recebeu de Giovanni Augusto e mandou uma bomba de fora da área.

Fernando Prass desviou com a ponta dos dedos e salvou o Ceará.  Com o passar do tempo, o Coxa foi subindo suas linhas de marcação e iniciou uma pressão sobre o Vozão. Galdezani, William Matheus, Ricardo Oliveira, Sabino… todos os citados tiveram chances para marcar, mas desperdiçaram.

Nos minutos finais, a equipe coxa-branca ainda tentou manter a intensidade no ataque, mas não encontrou forças para igualar o marcador na Arena Castelão. Fim de papo e vitória do Ceará.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui