Ao que parece, se depender do senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB), a queda de braço com o governador João Azevêdo (Cidadania) deve continuar até as eleições desse ano. Isso porque, apesar de cobrar espaços e definição da gestão estadual, o parlamenta sequer fez convite ao governador para se filiar à sigla.

Essa semana o deputado estadual Raniery Paulino (MDB) revelou que chegou a sugerir a executiva nacional o convite para o governador do estado ingressar na sigla. Mas hoje, quinta-feira (13), em entrevista, Baleia Rossi, dirigente do partido, contou que a conversa com Raniery não teve repercussão, mas que esse convite, se houver, caberá ao senador Veneziano, que é o presidente estadual da sigla na Paraíba e não a ele, como dirigente nacional.

“Não posso interferir na política da Paraíba, mas sim para apoiar meus companheiros e dizer que o que eles definirem terão todo meu apoio”, pontuou.

Enquanto isso, como tem o mandato garantido até as eleições de 2026, como senador Veneziano quer usar 2022 para ensaiar uma candidatura e tentar ver qual tamanho político realmente tem.

Blog do Ninja 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui