Daniella, filha de Glória Perez, completaria 50 anos e ganha homenagem da mãe

Arquivo/Globo

Guilherme de Pádua e a atriz Daniella Perez contracenaram em “De Corpo e Alma”, em 1992

A escritora Gloria Perez publicou uma homenagem à sua filha, Daniella Perez, que completaria 50 anos nesta terça-feira (11). A atriz, no entanto,  foi assassinada em 1992 pelo ator Guilherme de Pádua e sua esposa Paula Thomaz.

“Cada aniversário faz a conta de um tempo que ela não viveu. É um parto às avessas. Um dia que dói..”, escreveu Gloria ao postar um vídeo da filha dançando pouco mais de um ano antes de sua morte, em outubro de 1991. A autora costuma postar homenagens à filha tanto em seus aniversários quanto nos dias referentes à sua morte. “Quanto mais o tempo passa, mais dói esse dia”, comentou em 2018.

Em 28 de dezembro de 1992, Daniella Perez foi assassinada pelo ator, sendo vítima de 18 punhaladas que atingiram seu pulmão, coração e pescoço. Segundo testemunhas, o ex-ator a matou por achar que seu personagem estava perdendo destaque na novela “De Corpo e Alma”.

Guilherme foi condenado a cumprir 19 anos de prisão pelo assassinato de Daniella,  mas deixou a prisão em 1999, após cumprir seis anos, nove meses e vinte dias da pena em regime fechado. Paula Thomaz foi condenada a 18 anos de prisão e também acabou sendo liberada no fim de 1999.

IG

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *