A Polícia Civil informou que a modelo Lorrayne Damares da Silva, 19 anos, que se encontrava desaparecida, foi encontrada morta na manhã deste domingo (19). O corpo já em decomposição foi localizado pela Polícia Civil da Paraíba, com auxílio dos Bombeiros, por volta das 8:30, às margens do Rio Paraíba, precisamente num matagal, em baixo da ponte da Rodovia BR 230, próximo ao distrito de “Café do Vento”.

“Ontem havíamos conseguido a prisão temporária do ex-namorado/suspeito, o qual foi preso no município de Eunápolis/BA, neste sábado à noite, em viagem de fuga. Numa ação sincronizada com a PRF, o veículo Uber foi interceptado e o suspeito preso. Sob orientação da PCPB, o delegado plantonista da PCBA , na Delegacia de Eunápolis, obteve a confissão do suspeito, o qual indicou o local onde havia ocultado o corpo. Ao amanhecer, equipes da PCPB e dos Bombeiros foram ao local indicado e localizaram os restos mortais da modelo”, disse o delegado Luciano Soares

A informação inicial é de que a modelo foi morta no final de semana passado, num imóvel de veraneio, em Lucena para onde o casal havia seguido, após a modelo chegar a João Pessoa, vindo da cidade de Goiânia. “Enviamos equipe da Polícia Civil da Paraíba, originários da 5°DSPC de Santa Rita, para trazer o preso”, disse o delegado superintendente, Luciano Soares.

A coletiva sobre o caso deverá ocorrer na quarta-feira (23) na Central de Polícia, data da provável da chegada do suspeito.

Com informações da Polícia Civil 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui