O Atlético Mineiro segue firme na luta pela liderança do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, o Galo visitou o Corinthians na Neo Química Arena, em Itaquera, e, após sair atrás do marcador, contou com a estrela de Hulk para buscar a virada: 2 a 1.

Com a vitória, o time comandado por Cuca chega a 25 pontos e iguala a pontuação do líder Palmeiras, que ainda joga na rodada. Do outro lado, o Timão permanece com 14 e aparece na 12ª colocação. Timão abre o placar e só O primeiro tempo não emplacou na Neo Química Arena.

Com uma proposta reativa, o Corinthians fechou bem os espaços e ficou à espera do Atlético Mineiro, que, pouco inspirado, encontrou dificuldades para romper as linhas montadas pelos donos da casa.

Com isso, o que se viu nos primeiros 30 minutos foi um jogo truncado, de baixo nível técnico e com poucas construções ofensivas. Em ritmo lento, os dois times optaram por não correr grandes riscos.

Até que aos 37, em um dos poucos momentos intensos da partida, o Timão abriu o placar. Cantillo aproveitou bobeira de Nathan pelo meio, roubou a bola e acionou Mosquito pela direita.

Em sua especialidade, o camisa 19 deixou Júnior Alonso na saudade e, de perna esquerda, mandou para o fundo das redes. Atrás do marcador, o Galo tentou acordar nos minutos finais.

Já nos acréscimos, Hulk recebeu pela meia esquerda e enfiou boa bola para Nathan, que tentou o chute cruzado, mas mandou pela linha de fundo.  Atlético cresce e Hulk comanda virada Na volta do intervalo, o panorama da partida foi completamente diferente.

Mais ligado, o Atlético, enfim, entrou no jogo e, com muita intensidade, passou a dominar as ações em Itaquera. Logo aos três, Mariano se antecipou pela direita, foi ao fundo e cruzou na medida para Zaracho, que testou bonito e obrigou Cássio a operar um milagre para salvar o Corinthians.

Pouco depois, após bola levantada na área, Sasha ficou com a sobra e bateu cruzado para outra incrível defesa do goleiro corintiano. Na base da insistência, o Galo foi premiado. Aos 19 minutos, Hulk cobrou falta com extrema categoria pelo lado esquerdo e deixou tudo igual no placar.

A bola ainda carimbou a trave antes de entrar, sem nenhuma chance para Cássio. Após sofrer o empate, mesmo sem grande repertório ofensivo, o Corinthians teve uma chance incrível para voltar à liderança do marcador.

Aos 37, após bate e rebate na entrada da área atleticana, Jô recebeu completamente livre, cara a cara com Everson, e parou no goleiro.

Na sobra, o centroavante do Timão teve outra oportunidade e, com o gol aberto, acertou a trave. I-na-cre-di-tá-vel! O erro de Jô custou caro para o Alvinegro do Parque São Jorge.

Muito caro! Aos 41, Hulk aproveitou erro de Fábio Santos, tabelou e, de perna direita, bateu cruzado, no cantinho, decretando a virada do Atlético Mineiro na Neo Química Arena: 2 a 1.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui