Segundo informação, o capitão de um barco de pesca norte-coreano foi executado em público por ouvir uma estação de rádio estrangeira proibida

Um cidadão da Coreia do Norte de cerca de 40 anos, identificado apenas pelo seu sobrenome (Choi), foi executado em meados de outubro por ouvir regularmente e durante “um longo período de tempo” a Radio Free Asia (RFA) – uma estação de rádio proibida no território norte-coreano e financiada pelo governo dos EUA, informou o New York Post, citando uma fonte da polícia norte-coreana entrevistada pela própria estação.

Informa-se que o homem ouvia a estação de rádio estrangeira enquanto estava no mar, escreve a mídia.

“Choi era proprietário de uma frota de mais de 50 barcos. Durante a investigação conduzida pelo departamento de segurança provincial, o capitão Choi confessou que ouvia transmissões da RFA desde os 24 anos de idade, quando servia no exército como operador de rádio”, disse a fonte.

“Sabemos que o departamento de segurança da província definiu o seu crime como uma tentativa de subversão contra o partido”, acrescentou.

De acordo com a RFA, o capitão do barco foi executado por um pelotão de fuzilamento em frente de outros 100 trabalhadores da pesca.

Sputnik 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui