John Kerry deixa pavilhão do Brasil na COP26, após se reunir com o ministro brasileiro Joaquim Leite.
 AP – Alastair Grant

O enviado especial para mudanças climáticas dos Estados Unidos, John Kerry, reuniu-se nesta quarta-feira (10) com o ministro do Meio Ambiente do Brasil, Joaquim Leite, na Conferência do Clima de Glasgow, na Escócia. Na saída do encontro, considerado “muito importante” pelo americano, Kerry declarou esperar ações “concretas” do Brasil na pauta ambiental.

Questionado pela RFI se é possível confiar nas promessas do governo brasileiro, Kerry respondeu: “Não se trata de confiança. Se tratam de etapas, coisas concretas que as pessoas fazem”. No começo da COP26, na semana passada, o americano elogiou a atualização da meta climática brasileira, que passou de 43% para 50% de redução de emissões de CO2, até 2030, e acabar com o desmatamento ilegal, até 2028, dois anos antes do previsto.

A questão climática é um dos focos do governo do presidente Joe Biden. Desde que o democrata assumiu, em janeiro, Brasília e Washington já tiveram diversas reuniões para tratar sobre o tema.

Na manhã desta quarta-feira, o enviado especial dos EUA foi ao pavilhão oficial do Brasil na COP e conversou por uma hora com Leite, presente no evento desde segunda-feira (8). Ao final, Leite apenas comentou que a reunião foi “ótima”.

Cooperação contra o desmatamento

Segundo uma alta fonte da delegação brasileira, Kerry ofereceu cooperação na área de energia e para o combate ao desmatamento, sem impor condições. Também abordaram a delicada questão do financiamento para ações de mitigação e adaptação para os países em desenvolvimento. A tendência é de que o fundo, incialmente previsto de US$ 100 bilhões ao ano, deve ser reforçado, mas o valor final ainda é alvo de discussão na COP26.

A três dias do fim da conferência, os negociadores dos 196 países reunidos em Glasgow já correm contra o tempo para destravar questões cruciais da conferência, incluindo o aumento dos cortes de emissões de gases de efeito estufa, conforme um primeiro rascunho da declaração final do evento, divulgado nesta madrugada pela presidência da COP.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui