Continua depois da publicidade

Precisou esperar três rodadas, mas a Ponte Preta, com um jogo seguro na maior parte do tempo, fez valer o seu mando de campo, bateu o CRB por 1 a 0 e conquistou sua primeira vitória na Série B do Campeonato Brasileiro. O único gol do jogo, marcado por Lucca, também foi o primeiro da Macaca na competição.

Com poucas rodadas, a Série B segue embolada e agora a Ponte Preta fica na oitava posição, com 4 pontos conquistados. Já o CRB, que só fez dois jogos, marcou apenas um ponto e abre a zona de rebaixamento.  Macaca sai na frente A partida já começou com muita intensidade e correria para os dois lados, com a Ponte Preta um pouco mais proativa e o CRB na busca pelo contra-ataque.

Aos 6, a Macaca quase saiu na frente, quando Artur fez um cruzamento rasteiro da esquerda e na pequena área, Danilo Gomes não conseguiu empurrar para o gol. O time paulista seguiu mais presente no ataque, mas exagerou nos cruzamentos improdutivos para a área.  Aos poucos o CRB equiibrou mais as ações ofensivas e também trocou passes com paciência buscando uma melhor construção, mas faltou o acerto no último passe.

A Ponte Preta que voltou a assustar, aos 17, em um cruzamento do lado esquerdo que quase virou um gol contra de Iago. Logo em seguida, no escanteio, Danilo Gomes desviou com perigo e a bola passou muito perto da trave.  Os erros do CRB na marcação dentro da área custaram caro aos 24, quando Lucca abriu o placar para a Ponte Preta.

O atacante aproveitou cruzamento rasteiro de Norberto e completamente livre completou para a rede. Lucca voltou a ter uma chance aos 31, ao ganhar no alto após levantamento e cabecear ao lado do gol.  Principal nome da Ponte Preta, Lucca voltou a assustar aos 34, em cobrança de falta frontal, que passou por cima do gol, e aos 37, quando recebeu de Danilo, finalizou dentro da área, mas em cima de Diogo Silva.

Do outro lado, o CRB tentou ser mais ofensivo por conta da derrota parcial, mas seguiu sem criar boas chances de gol. A Macaca foi comemorando para o intervalo.  Ponte se defende, mas quase entrega O segundo tempo chegou e junto com ele mais uma finalização perigosa de Lucca para a Ponte Preta.

Logo aos 3, em nova cobrança de falta, o atacante bateu com curva e bola passou com perigo à direito do gol. Atrás no placar, o CRB foi para cima e apareceu mais vezes no campo de ataque, ainda com problemas criativos.

O time alagoano chegou a ter um possível pênalti revisado pelo VAR.  O jogo ficou muito truncado e com diversas faltas. Já chances de gol foram raras para os dois lados. Na busca do empate, o CRB não conseguiu chegar pelo alto, nem por baixo com passes verticais. A Ponte Preta ainda seguiu finalizando mais, mas sem acertar o alvo.

A Ponte Preta já não fez tanta questão de ter a bola e deixou com o CRB, que com muita lentidão facilitou a vida da Macaca. Após minutos de um jogo improdutivo, o time alagoano conseguiu sua grande chance aos 28, quando Richard recebeu grande passe dentro da área, ficou cara a cara com o goleiro Caíque França, bateu por cima, mas mandou para fora.

Alguns cruzamentos ali, outros lá, mas nenhuma grande finalização. Na reta final, como esperado, o CRB partiu para o desespero e foi com tudo para cima em busca do empate. A Ponte Preta conseguiu se comportar bem e seguiu sofrendo pouco, mas já aos 46, precisou que Caíque França fizesse uma grande defesa, cara a cara com Gabriel Conceição para garantir a sua vitória. Três pontos para a Macaca na Série B.

O Gol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui