A Câmara Municipal de vereadores da cidade de Conde, no Litoral Sul do Estado, rejeitou em sessão remota, realizada nesta terça-feira (12), o parecer da Comissão Processante pelo arquivamento do processo contra prefeita Márcia Lucena (PSB).

A Comissão Processante foi presidida pelo vereador Pinta do Gurugi e teve como relator o Irmão Kaká, ambos são do mesmo partido da prefeita, portanto compõem a base de sustentação da prefeita. O componente da comissão foi o vereador Juscelino Araújo (Cidadania).

O argumento do relator para arquivamento do processo foi o COVID-19. Segundo ele, a situação de isolamento impediria a outiva de testemunhas, consequentemente afetaria as investigações.

Votaram pelo arquivamento do processo os vereadores Luzimar Nunes (PSB), Naldo Cell (PSB), Pinta do Gurgi (PSB) e Irmão Kaká (PSB). Os favoráveis foram Daniel Junior (Cidadania), Malba de Jacumã (DEM) Josélio Jogador (PROS) Juscelino Araújo (Cidadania) e Adriano Ferreira (PROS).

O processo agora seguirá com as oitavas para ouvir as testemunhas de defesa e acusação.

Com informações do Canal do Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui