A 1ª Delegacia Territorial de Valença (a 123 km de Salvador) instaurou inquérito policial e investiga a denúncia de estupro contra um garoto, de 10 anos, que teria ocorrido na praia de Guaibim, no último domingo, 8. Segundo informações iniciais, o principal suspeito é o proprietário de uma barraca da localidade.

Após o fato, populares atearam fogo no estabelecimento do suspeito. De acordo com a Polícia Militar, quando as viaturas chegaram ao local, as chamas já haviam consumido tudo e não havia ninguém dentro. O Corpo de Bombeiros também foi acionado.

O suposto autor do crime está foragido. Uma guarnição da 33ª CIPM foi acionada no início da noite do domingo para tentar localizar o homem, mas não obteve êxito. Ele está sendo procurado pelas equipes da unidade, que também investiga a autoria do incêndio.

A vítima e familiares foram ouvidos e foram expedidas guias de exames de lesões corporais.

A Tarde

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui