Pensar em salários atrasados no futebol italiano seria quase impensável não fosse pelo momento em que vivemos. A pandemia do coronavírus traz uma crise econômica e uma dura realidade para as equipes italianas.  Segundo o jornal local La Repubblica, seis clubes da Serie A, primeira divisão de futebol no país, estão com salários atrasados desde o mês de janeiro, sem condições de honrar os compromissos com os funcionários.

Segundo a mesma publicação, fora Juventus e Roma, que chegaram a acordos por reduções salariais, as outras equipes enfrentam enormes dificuldades para manter em dia os ordenados.  Há de se ressaltar que o retorno do futebol na Itália, país que beira os 30 mil mortos pela pandemia, ainda não tem data.

Os clubes já voltaram a treinar, mas o Governo ainda vê o retorno das competições como um ponto de interrogação.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui