Mesmo atuando com um time reserva, o Ceará complicou a vida do Grêmio. O Tricolor ainda chegou a reagir após o rival abrir 2 a 0, mas um gol nos acréscimos confirmou a vitória do Vozão no Castelão, por 3 a 2.

De olho na Copa do Brasil no meio de semana contra o maior rival, o Fortaleza, Guto Ferreira poupou titulares, mas ainda assim encontrou a vitória na estreia no Campeonato Brasileiro. Os gaúchos, é verdade castigados com desfalques, voltam para casa sem pontos.

Reservas do Vozão dão trabalho De um lado, o Ceará entrou em campo com o time reserva, de olho no jogo do meio de semana contra o Fortaleza, pela Copa do Brasil. Do outro, o Grêmio tinha muitos desfalques por Covid, principalmente no setor ofensivo. No meio disso tudo, um primeiro tempo bem animado.

Apesar de mandar a campo uma equipe inteiramente modificada, com um desentrosamento natural, Guto Ferreira viu um time muito bem fisicamente, com intensidade para abordar os lances sem a posse de bola e velocidade para realizar a transição ofensiva.

Com proposta de sair em um jogo apoiado, com longos períodos de posse de bola, o Tricolor encontrou certa dificuldade na saída de bola. Aos 15 minutos, enfim, avançou em velocidade. Léo Chú avançou pela canhota e cruzou para Ricardinho mandar para fora.  Com Matheus Henrique mais avançado em campo, os gaúchos perderam um pouco o controle no corredor central.

O Vozão aproveitou e, contando ainda com desvio na defesa, Cléber abriu o placar em chute de fora da área.  O Alvinegro se empolgou com o gol. Logo em seguida ameaçou com Saulo Mineiro, que parou em Brenno, e aos 41 Rick mandou no cantinho, dessa vez sem resposta por parte do goleiro.

Os visitantes pareciam entregues em campo, mas, pouco antes do intervalo, em jogada bem trabalhada por Matheus Henrique, o lateral Vanderson descontou.  Jogo segue aberto Logo no início do segundo tempo, o Grêmio arrancou o empate.

Léo Chú ganhou mais uma bola no fundo e mandou para Ricardinho, que se antecipou ao marcador para deixar tudo igual.  O gol deixou o jogo aberto, mas não abateu o time da casa. Rick, bem no jogo, voltou a dar trabalho a Brenno aos 13, e a partida seguiu prometendo bola na rede.

Jorginho quase fez um gol olímpico aos 22, em bola que acabou salva por Brenno. Em resposta, Léo Chú quase fez um golaço para o Grêmio, e Vinícius, que entrou na vaga de João Ricardo, fez grande defesa.

Aos 37 minutos, Cortez tentou cavar pênalti para os gremistas. O árbitro até chegou a cair na onda do lateral, mas voltou atrás ao ver o lance no vídeo. O duelo só foi resolvido no último minuto.

Quando o empate parecia ser o destino do encontro, Kelvyn mandou bola na área, Lacerda acertou a trave e, no rebote, Jorginho mandou para dentro. O VAR ainda analisou o lance mas, após suspense, a arbitragem validou o tento e garantiu a vitória do Ceará.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui