Após o empate com a Alemanha na estreia, a Espanha venceu a primeira na Liga das Nações. Neste domingo, o selecionado espanhol recebeu a Ucrânia, em Madri, e, com direito a dois gols de Sergio Ramos e um de Ansu Fati, que se tornou o mais jovem jogador a marcar com a camisa da Fúria, goleou pelo placar de 4 a 0.

O quarto gol foi marcado por Ferrán Torres. Com o resultado, o time comandado por Luis Henrique chega a quatro pontos e assume a liderança do Grupo 4 da Nations League, um ponto a frente da própria Ucrânia, que permaneceu com três. Atropelamento espanhol Jogando em Madri, seleção espanhola não deu a menor chance para a Ucrânia.

Logo no primeiro minuto, o jovem Ansu Fati, novidade no time espanhol, invadiu a área pela esquerda e foi derrubado: pênalti. Na cobrança, Sergio Ramos bateu firme e venceu Pyatov: 1 a 0. A pressão da Fúria aumentou ainda mais após o primeiro gol. Quase sempre com o jovem Fati, um dos melhores em campo, os anfitriões foram acumulando chances para marcar o segundo.

Na melhor delas, o menino de 17 anos emendou uma bicicleta e acertou a trave. De tanto insistir, o selecionado comandado Luis Henrique ampliou a vantagem. Aos 28, Dani Olmo cruzou da meia-esquerda, e Sergio Ramos, de novo ele, subiu mais que Kryvtsov e cabeceou para o fundo das redes. Pouco depois, Ansu Fati marcou o dele.

O camisa 17 dominou na entrada da área, se livrou da marcação e acertou um lindo chute cruzado, no canto esquerdo de Pyatov. Primeiro gol da revelação do Barcelona pela seleção espanhola. Ferrán Torres fecha a conta Na volta do intervalo, apesar de uma pequena queda na intensidade espanhola, o panorama do confronto seguiu exatamente o mesmo.

O time ucraniano, sem conseguir construir jogos, seguiu como presa fácil dos donos da casa. Aos 16, Dani Olmo chutou cruzado, Pyatov defendeu bonito no canto direito mas, na sequência, recebeu um recuo inesperado e foi obrigado a mandar para escanteio Mesmo com diversas alterações, a seleção da Espanha seguiu soberana no controle das ações.

Aos 31, Óscar arriscou da entrada da área, Pyatov espalmou com a ponta dos dedos e a bola ainda tocou no travessão antes de sair. No terço final, a Fúria não cessou com seu domínio e chegou ao quarto gol. Thiago Alcântara cruzou da direita, a zaga ucraniana cortou mal e a bola sobrou para Ferrán Torres, que bateu de primeira e deu números finais à partida: 4 a 0.

O Gol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui