O colapso do sistema de saúde do Brasil mereceu reportagem especial do jornal The New York Times neste sábado (27/3). O Times descreve como a variante P1, a falta de uma orquestração política entre o executivo federal e os poderes estaduais e municipais, somada a desconfiança na ciência conduziram o país ao descontrole da pandemia de coronavírus, que está em seu pior momento e já matou 300 mil pessoas no Brasil.

Reprodução/The New York TImesMatéria do jornal norte-americano The New York Times sobre a Covid-19 no Brasil aparece na capa do site
Matéria do jornal norte-americano The New York Times sobre a Covid-19 no Brasil aparece na capa do site

Os correspondentes do jornal visitaram hospitais do Rio Grande do Sul para relatar como as unidades de internação foram tomadas por pacientes jovens neste segundo pico da Covid-19. O texto também lembra declarações negacionistas do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) classificando a Covid-19 de gripezinha e sugerindo que as vacinas poderiam trazer efeitos colaterais aos que as tomassem.

De acordo com os epidemiologistas ouvidos pela reportagem, o Brasil teria evitado a situação atual se o governo tivesse promovido o uso de máscaras e o distanciamento social, além de ter iniciado as negociações de acesso às vacinas contra o coronavírus mais cedo.

Metrópoles 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui