Celso de Mello antecipa aposentadoria do STF para 13 de outubro

Agência Brasil

O ministro Celso de Mello , do Supremo Tribunal Federal (STF) disse que irá antecipar sua aposentadoria da Corte para o dia 13 de outubro. A informação foi comunicada à presidência da Corte nesta sexta-feira (25). No ofício enviado ao presidente Luiz Fux, o decano disse ter cumprido os requisitos para sua aposentadoria.

Originalmente, a aposentadoria do decano estava prevista para o dia 1º de novembro. O ministro estava no Supremo há 31 anos, tendo sido indicado pelo ex-presidente José Sarney em 1989.

Com a aposentadoria de Celso de Mello, o presidente Jair Bolsonaro terá que indicar outro ministro para compor a Corte. O mandato dos ministros do STF se estende até a idade máxima de aposentadoria compulsória, fixada em 75 anos atualmente.

A saída deverá acontecer depois do julgamento do recurso apresentado pela Advocacia-Geral da União (AGU) que pede que Bolsonaro deponha por escrito à Polícia Federal (PF). Celso de Mello havia negado essa possibilidade.

Último Segundo

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *