O deputado estadual Cabo Gilberto Silva (PSL) utilizou suas redes sociais para criticar o Decreto, elaborado pelo Governo do Estado em parceria com a Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP) e especialistas do setor da Saúde, que determina ‘Toque de Recolher’ em território paraibano por 15 dias.

A medida, que foi adotada em caráter emergencial para conter o aumento do número de infectados na Paraíba após aglomerações clandestinas realizadas no período do Carnaval 2021, está sendo apontada pelo parlamentar como aterrorizante e digna de “nazistas quando ‘dava’ toque de recolher nas cidades invadidas na Segunda Guerra Mundial“.

O parlamentar afirma que as medidas são equivocadas e que nem igrejas nem escolas são responsáveis pela proliferação do vírus no Estado, garantindo ainda, que a gestão estadual teria tido um ano para preparar o sistema de Saúde Pública por ter recebido do Governo Federal um montante superior aos R$ 20 bilhões para o setor no ano de 2020.

Segundo o parlamentar o valor total destinado ao Estado da Paraíba pelo Governo Federal teria sido de R$ 21,2 bilhões, distribuído da seguinte forma:

  • R$ 386 milhões = suspensão da dívida;
  • R$ 7,2 bilhões = benefícios ao cidadão;
  • R$ 11,4 bilhões = recursos transferidos para o Estado e seus Municípios;
  • R$ 2,3 bilhões = Saúde (rotina + Covid-19)

Confira abaixo as postagens feitas pelo parlamentar:

 

ParaíbaRádioBlog 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui