Em bom momento de recuperação na temporada, após a chegada do técnico Jair Ventura, o Sport ganhou mais uma no Campeonato Brasileiro. Na noite deste domingo, o Leão recebeu o Fluminense, na Ilha de Retiro, e, com gol de Hernane Brocador – o primeiro dele na competição – venceu pelo placar de 1 a 0.

Com o resultado, o Rubro-Negro chega a 14 pontos, se distancia do Z4 e salta para a décima posição. Do outro lado, com a mesma pontuação, o Tricolor das Laranjeiras aparece uma posição à frente dos pernambucanos. Brocador dá vantagem ao Sport Na Ilha do Retiro, o Sport não perdeu tempo e foi para cima do Fluminense.

Logo aos três minutos, Patric recebeu de cara com o goleiro Muriel, finalizou para o gol, mas a bola bateu no travessão e foi para fora após desvio de Muriel. Perdido em campo, o Tricolor das Laranjeiras, que poupou algumas peças para a partida, cedeu espaços para o Leão e sofreu duro golpe. Aos dez, Egídio, de forma infantil, derrubou Leandro Barcia na área.

Pênalti. Na cobrança, Hernane Brocador, com toda calma do mundo, foi para a bola e abriu o placar. Esse foi o primeiro gol do centroavante no Brasileirão. A equipe comandada por Jair Ventura foi superior e criou chances para marcar o segundo. Primeiro com Mugni, que recebeu de Barcia na área, mas finalizou por cima.

Depois com Luciano Juba, que, após cobrança de escanteio com veneno, carimbou a trave tricolor. Passada a superioridade inicial pernambucana, o Flu assumiu o controle das ações, mas foi pouco incisivo. O time de Odair Hellmann chegou a acumular mais de 70% de posse de bola. O domínio, porém, não foi traduzido em perigo para a defesa rubro-negra.

Leão se segura e vence Na volta do intervalo, o Leão da Ilha quase marcou o segundo. Aos três, após cobrança de escanteio de Luciano Juba, Adryelson tentou de cabeça, e Luccas Claro tirou perto da linha. Em busca do empate, o Fluminense aumentou seu volume ofensivo, mas ofereceu espaços para o contragolpe.

Aos 18, Rogério avançou em velocidade e descolou bom passe para Leandro Barcia, que, livre, acabou isolando. Grande chance desperdiçada pelo Sport. Da metade para o fim da etapa complementar, o time visitante começou a finalizar, fato que não aconteceu anteriormente. Aos 23, o jovem Luiz Henrique arriscou um chute da entrada da área, e viu Luan Polli fazer a defesa.

Os instantes finais de partida foram marcados por uma intensa pressão do Flu. Aos 40, Fernando Pacheco recebeu com liberdade e tentou Marcos Paulo na área. O atacante se esticou para alcançar, mas não conseguiu.

Pouco depois, Calegari arriscou pela direita, e viu Luan Polli fazer defesa segura. Parou por aí. Fim de papo e vitória rubro-negra na Ilha do Retiro.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui