Em uma partida animada em Madri, o Milan bateu o dono da casa, Atlético, por 1 a 0, no Wanda Metropolitano, pela quinta rodada do Grupo B da Liga dos Campões. O gol solitário do confronto foi marcado pelo brasileiro Junior Messias, aos 43 do segundo tempo.

O resultado embola ainda mais o grupo, uma vez que o Milan sobe para o terceiro posto, com quatro pontos, enquanto o Atlético cai para a lanterna com a mesma pontuação. O Liverpool tem a liderança folgada com 15 pontos e  o Porto é vice-líder com cinco.

Na última rodada, o grupo ainda pega fogo com os os confrontos entre Atlético e Porto, e Liverpool e Milan, para decidir quem fica fora das competições europeias, quem avança para a Liga Europa e quem segue na Liga dos Campeões. Atleti e Milan fazem primeiro tempo morno Atlético e Milan fizeram um primeiro tempo intenso em Madri.

Porém, com muitas dificuldades de criar e finalizar as jogadas para ameaçar o adversário. As duas equipes trocavam contra-ataques de forma constante e o duelo estava aberto e intenso. Porém, até os 30 minutos de partida, nenhuma das duas equipes tinha criado nenhuma chance real de perigo contra o adversário.

O Milan havia chegado com Brahim Díaz e Tonali, em duas oportunidades, porém em chutes de longa distância. E o Atlético apenas uma, com De Paul, também de longe. A melhor chance até então aconteceu aos 33 minutos. Kalulu fez o cruzamento da direita, e Theo Hernandez chegou de surpresa na ponta esquerda para finalizar de primeira.

A bola saiu por cima da meta de Oblak no último lance de certo perigo de um primeiro tempo morno em Madri. Brasileiro marca e embola grupo B O duelo começou bem mais animado na segunda etapa. Logo aos dois minutos, Saelemaekers veio bem pela ponta direita e chutou de longe. Oblak teve trabalho para fazer uma boa defesa.

No lance seguinte, a resposta do Atleti. Lemar e Suárez fizeram boa jogada pela ponta esquerda. O francês ajeitou para o pé direito e bateu para Tatarusanu defender bem. Os minutos iniciais no Wanda Metropolitano estavam intensos. No contragolpe, Griezmann veio em velocidade e cruzou da direita para Carrasco. O belga se antecipou à defesa e chutou.

A bola passou rente à trave do arqueiro do Milan. Depois do início eletrizante, os dois times diminuíram novamente o ritmo na partida. Porém, o Milan continuou um pouco mais ligado na partida e teve outras chances, com Giroud, Kessié, Díaz e Kjaer, todas de longe.

A melhor chance da partida aconteceu aos 25 minutos e foi dos visitantes. O brasileiro Junior Messias avançou pela ponta esquerda e cruzou para a área, Bakayoko chutou de primeira e Savic se jogou na bola de forma incrível para evitar que a finalização fosse para o gol.

Aos 29, foi a vez do Atleti responder. Griezmann fez grande jogada pela ponta direita e cruzou para De Paul. O argentino pegou de chapa da entrada da área, e Tatarusanu caiu para fazer grande defesa. O duelo tomou contornos dramáticos a partir dos 40 minutos. Primeiro, com a defesa sencional de Oblak depois de grande chance à queima-roupa de Ibrahimovic na pequena área.

No minuto seguinte, o Milan foi novamente ao ataque e conseguiu marcar. Kessié veio bem pela ponta esquerda, e fez o cruzamento certeiro para Junior Messias cabecear e dar a vantagem mínima para os italianos. O gol do alívio para os italianos que até então estavam foram da disputa pela classificação.

Os visitantes ainda quase aumentaram aos 44. Bennacer recebeu na entrada da área e finalizou cruzado. Oblak deu rebote e Ibra, quase marcou o segundo. No contragolpe, quase o empate do Atleti. Llorente cruzou na medida para Matheus Cunha, sozinho, na pequena área.

Mas o brasileiro finalizou mal e desperdiçou a melhor oportunidade para os donos da casa e manteve a vitória dos italianos. O resultado embola o Grupo B, que vai para última rodada com três equipes ainda brigando pela classificação para a próxima fase.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui