Jeremias Wernek – Do UOL, em Porto Alegre

Borja estreou pelo Grêmio como titular e sendo decisivo. Hoje (9), o centroavante debutou no novo clube e garantiu a vitória de virada diante da Chapecoense, em partida da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, ao marcar um gol de pênalti. O time de Felipão levou susto no início do jogo em Porto Alegre, mas conseguiu fazer 2 a 1 ainda no primeiro tempo.

Foi a primeira vitória do clube gaúcho como mandante no Brasileirão e segunda no geral. A Chape, que estreou Pintado como treinador, segue sem vencer.

Anselmo Ramon abriu o escore, no começo do jogo. Alisson empatou e Borja virou, de pênalti, aos 35 da etapa inicial.

O Grêmio, agora, tem 10 pontos. A Chapecoense continua com quatro. O time gremista ocupa a décima nona posição e a equipe catarinense é lanterna.

O Grêmio volta a campo contra o São Paulo, no sábado (14), às 21h (horário de Brasília), no Morumbi. A Chapecoense joga na próxima rodada contra o América-MG, em casa, na segunda-feira (16), às 20h (de Brasília).

Quem foi bem: Miguel Borja

Colombiano, emprestado pelo Palmeiras, fez jogo com boa movimentação. A participação rendeu cinco conclusões entre as 14, no primeiro tempo. Foi Borja quem sofreu e cobrou o pênalti que decidiu o placar.

Quem decepcionou: Douglas Costa

De volta após três partidas, meia-atacante fez um jogo para lá de discreto. Em alguns momentos, faltou explosão ou força. Em outros lances, Douglas Costa pareceu desconexo do time. Na etapa final, chegou a atuar em outro pedaço do campo. Não adiantou.

Gabriel Chapecó salva com Brenno de olho

O goleiro do Grêmio não teve muito o que fazer no chute de Anselmo Ramon, que abriu o placar, mas, pouco tempo depois, o cenário foi outro. Aos 8 minutos do primeiro tempo, Gabriel Chapecó contou com a sorte para ver um chute de fora da área bater no pé da trave esquerda. No rebote, o centroavante da Chape chutou à queima-roupa e o braço de Chapecó impediu o 2 a 0. Brenno, titular da posição, assistiu a tudo de perto. O goleiro, medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio, voltou a Porto Alegre hoje.

Grêmio faz jogo “diferente” e leva sustos

O Grêmio jogou mais ofensivo, por ser um jogo em casa e contra o pior time do campeonato. Com uma postura diferente, a equipe sofreu. A defesa exposta levou gol cedo e assistiu a Chapecoense criar outras oportunidades —especialmente no primeiro tempo. E no ataque, a tranquilidade demorou a aparecer. A atuação ofensiva foi limitada, mas dentro do jogo teve crescimento. A virada ajudou a deixar o time mais tranquilo e com margem para tentar ser mais criativo. No segundo tempo, Léo Pereira perdeu grande chance dentro da área.

Chapecoense vai ao limite

Pintado estreou como novo treinador da Chape apostando em um jogo de enorme concentração. Deu certo no início. No primeiro ataque, o time catarinense soube aproveitar erro da defesa do Grêmio para gerar desencaixe total. Mas ao longo da primeira etapa, o rendimento bateu no teto. Faltou mais conjunto e também individualidade para levar o time adiante. Pelo menos para não deixar o adversário completamente confortável.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 X 1 CHAPECOENSE

Data e hora: 09/08/2021 (segunda-feira), às 20h (horário de Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Marcelo de Lima Herique (RJ)
Auxiliares: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Nailton Júnior de Sousa Oliveira (CE)
VAR: Igor Junior Benevenuto (MG)
Cartões amarelos: Darlan (GRE); Ramon, Derlan, Denner (CHA)
Gols: Anselmo Ramon, aos 4 minutos do primeiro tempo (CHA); Alisson, aos 18 minutos do primeiro tempo (GRE); Borja, aos 32 minutos do primeiro tempo (GRE)

GRÊMIO: Gabriel Chapecó; Vanderson, Ruan, Geromel, Bruno Cortez; Thiago Santos, Darlan (Lucas Silva), Jean Pyerre (Maicon), Alisson, Douglas Costa (Léo Pereira) e Borja (Luiz Fernando) Técnico: Luiz Felipe Scolari

CHAPECOENSE: João Paulo; Matheus Ribeiro, Kadu, Derlan e Busanello; Anderson Leite, Léo Gomes (Moisés Ribeiro), Mike (Felipe Silva) e Denner Melz; Geuvânio (Ravanelli) e Anselmo Ramon Técnico: Pintado

Uol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui