Reprodução

Nesta sexta-feira (21), a cantora estadunidense Billie Eilish anunciou o lançamento de sua nova turnê mundial, a “Happier Than Ever”, que terá início em 2022. Apesar da sequência de shows começar apenas no ano que vem, o Brasil, por conta da grave situação da pandemia do coronavírus, ficou do planejamento de apresentações.

O fato do Brasil não constar na lista de países contemplados pela turnê revoltou fãs brasileiros, que levaram o termo “Bolsonaro vai tomar no cu” à lista de assuntos mais comentados do Twitter. Eles consideram o presidente Jair Bolsonaro o culpado pelo fato do Brasil ainda não ter vacinado a maior parte de sua população e isso ter levado a artista a decidir não fazer show por aquil. “Explicando melhor, nós do fandom da cantora Billie Eilish começamos a subir a tag de BRINCADEIRA, não sabíamos que ia realmente subir, mas o caso é que pelo fato de NÃO ESTARMOS VACINADOS, a cantora não poderá vir ao Brasil, enfim Bolsonaro vai tomar no cu a culpa é sua SIM!!”, escreveu uma usuária da rede social.

A revolta dos fãs foi agravada pelo fato de essa ser a segunda vez que o Brasil é preterido dos planos da cantora. No ano passado, Billie Eilish cancelou dois shows no país também por conta da pandemia.

Apesar da frase “Bolsonaro vai tomar no cu” ter sido alavanca pelos fãs da cantora, ela vem sendo utilizada também por opositores ao governo de uma forma geral.

Confira a repercussão.

Fórum

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui