Presidente Jair Bolsonaro com indios durante cerimonia de hastiamento da bandeira nacional em frente | Sérgio Lima/Poder360 18.02.2020

O presidente Jair BolsonaroSérgio Lima/Poder360 – 18.fev.2020

Pesquisa XP/Ipespe divulgada nesta 6ª feira (29.mai.2020) mostra uma estabilização na reprovação do presidente Jair Bolsonaro. Depois aumentar 8 pontos percentuais desde o levantamento divulgado em 25 de abril, o grupo que considera o governo ruim ou péssimo oscilou 1 ponto para baixo e totaliza 49%.

Já aqueles que consideram o governo ótimo ou bom oscilou 1 ponto pra cima e está em 26%. Em abril, o grupo pró-governo tinha caído 6 pontos percentuais.

Em comparação com o último levantamento, divulgado em 20 de maio, os números de avaliação do governo não sofreram grandes alterações. Outros 23% consideram a gestão regular. Leia a íntegra (919kb).

A empresa entrevistou 1.000 pessoas via telefone nos dias 26 e 27 de maio em todo o território nacional. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais.

Esta é a 1ª pesquisa da XP feita desde a divulgação do vídeo da reunião ministerial de 22 abril, no âmbito do inquérito que investiga se houve tentativa de interferência de Bolsonaro na Polícia Federal. Ao deixar o cargo de ministro da Justiça, Sergio Moro acusou o presidente Bolsonaro de tentar interferir politicamente na PF.

O vídeo é o principal elemento no inquérito que investiga a suposta interferência dele nas investigações da polícia. Na gravação é possível ver o presidente e seus ministros falando palavrões, criticando autoridades de outros poderes, governadores e prefeitos.

O presidente Jair Bolsonaro em reunião com seus ministros. Na ocasião, o chefe do Executivo teria tentado intervir da Polícia Federal, de acordo com acusações de Sergio MoroMarcos Corrêa/PR – 22.abr.2020

De acordo com o levantamento, 71% dos entrevistados disseram ter tomado conhecimento do vídeo. Desse grupo, 59% acreditam que o conteúdo revelado tem impacto negativo para o governo Bolsonaro. Outros 30% acham que o efeito é positivo.

Para a maioria dos entrevistados (46%), na troca de acusações entre Moro e Bolsonaro, é o ex-ministro quem fala mais a verdade. Outros 21% confiam mais no presidente.

ECONOMIA

O levantamento também apurou a percepção dos brasileiros sobre o caminho da economia. Há relativa estabilidade: para 54% ela está no caminho errado, na última pesquisa esse grupo correspondia a 57%. Outros 27% acham que ela está no caminho certo, antes eram 28%.

Poder360

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui