Foi entregue ao Senado um pedido de impeachment do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal. O pedido foi protocolado no fim da tarde desta sexta-feira (20) por um funcionário do Palácio do Planalto. As informações são do blog de Valdo Cruz, no G1.

Em 14 agosto, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que pediria a abertura de processo ao Senado nesta semana. O argumento seria o de que Moraes e o ministro Luis Roberto Barroso extrapolam os limites da Constituição.

No entanto, o pedido entregue nesta sexta-feira fala apenas de Moraes. A tramitação do pedido depende de uma decisão que será feita pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

Em 4 de agosto, o ministro determinou a inclusão do presidente como investigado no inquérito que apura a divulgação de notícias falsas. O motivo são os ataques que o presidente faz à urna eletrônica e ao sistema eleitoral. A decisão de Moraes atendeu ao pedido aprovado por unanimidade pelos ministros do TSE que aconteceu dois dias antes.

Istoé

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui