Já classificada para a Copa do Mundo, a França entrou em campo em um jogo de pouco valor, mas isso não foi suficiente para atual campeã mundial tirar o pé e mais uma vitória foi conquistada, desta vez por 2 a 0, contra a Finlândia, que perdeu a chance de disputar uma repescagem das Eliminatórias. Benzema e Mbappé fizeram os gols do jogo.

Com isso, a França encerra sua participação nas Eliminatórias europeias na primeira posição do Grupo D, com 18 pontos. A Finlândia perdeu o segundo lugar na última rodada para a Ucrânia e termina na terceira colocação, com 11 pontos, um a menos que a equipe classificada para a repescagem.

Duelo complicado para a França Com time titular bem mexido e fazendo testes, a França ainda assim foi superior a Finlândia e assumiu uma postura mais propositiva desde o início. Acertou uma finalização pela primeira vez aos 4, com Tchouaméni, que bateu de primeira e parou no goleiro Hradecky. Aos 11, sem consseguiur furar o bloqueio adversário, Digne arriscou de fora da área, mas não encontrou o alvo.

A França seguiu trocando passes contra uma fechada Finlândia no campo de defesa. Mbappé tentou diversas vezes as jogadas individuais, mas sempre cercado de marcadores. A equipe mandante conseguiu uma boa chance aos 21, em chute de Kamara, que passou ao lado do gol de Lloris. A atual campeã mundial respondeu com Griezmann, que pegou a sobra e finalizou por cima da meta.

Ainda que longe de ser uma grande pressão, a França passou a encontrar alguns espaços e finalizar. Na mais perigosa, aos 28, Mbappé recebeu de Griezmann, chutou cruzado e mandou rente à trave. A Finlândia apareceu no ataque no minuto seguinte, com Pukki, que da entrada da área, girou contra o marcado, bateu firme e parou em Lloris.

Com a necessidade de confirmar a segunda posição e vaga na repescagem, a Finlândia cresceu e teve chances de sair na frente. Aos 34, Pukki bateu da entrada da área e mandou por cima. Aos 39, Nissilä também arriscou, mas a bola desviou na marcação francesa e saiu ao lado. Aos 44, quase o primeiro gol em cabeçada de Väisänen, que passou triscando a trave.

Craques descomplicam A Finlândia continuou pressionando no segundo tempo e teve a primeira oportunidade logo cedo, com Uronen, que tabelou com Lord, finalizou dentro da área e mandou ao lado do gol, com perigo. A equipe mandante seguiu propositiva e voltou a finalizar com Schüller, por cima do gol. A França restou apenas o contra-ataque, mas sem grande sucesso.

Aos poucos, os campeões mundiais foram superando a pressão da Finlândia e voltaram a atacar. Então, aos 22, Benzema, que entrou em campo no segundo tempo, apareceu para decidir. Ele dominou pela esquerda, tabelou com Mbappé, bateu de primeira da entrada da área e contou com o desvio para abrir o placar.

Sair na frente desatou um nó e descomplicou o jogo para a França e aos 31, Mbappé, com espaços, fez um belo gol para ampliar o placar. O craque arrancou por todo o campo de ataque da esquerda para o meio, bateu colocado na saída do goleiro e só comemorou.

Aos 33, ele quase fez mais um, em chute da entrada da área, mas parou em Hradecky. Digne por pouco não fez o terceiro, em chute cruzado que parou em mais uma boa defesa de Hradecky. Nos minutos finais, a Finlândia até ensaiou chegar ao ataque, mas se grande perigo. Só restou lamentar nem ter mais a possibilidade de chegar à Copa do Mundo.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui