O Bayern de Munique superou mais um teste de fogo. Na BAyArena, venceu o Bayer Leverkusen, por 4 a 2, para se aproximar cada vez mais do título da Bundesliga.  Os bávaros somam agora 70 pontos, com dez de vantagem para o vice-líder, Borussia Dortmund, que ainda joga na rodada. O Leverkusen segue na quinta colocação, com 56 pontos.

Bayern não se abate O Bayern de Munique começou o jogo soberano, como de costume. Mas em um ataque rápido, o Bayer Leverkusen mostrou a força de seu time. Baumgartlinger aproveitou corte errado da defesa e mandou para Lucas Alario, que saiu na cara do gol e tocou com tranquilidade para tirar de Manuel Neuer.

A aposta do Leverkusen, em ataques rápidos e contra-ataques, ganhou força com o gol, já que os bávaros teriam de se adiantar ainda mais. Mesmo sem Kai Havertz, o Werkself mostrava muita força ofensiva.  Só que um erro de Diaby acabou facilitando a vida dos bávaros, que buscaram o empate. Goretzka aproveitou o passe errado e abriu para Coman, que avançou sozinho e mandou para a rede.

O empate deu equilíbrio ao jogo, até que uma jogadaça desequilibrou tudo pelo lado bávaro. O contragolpe teve virada de jogo de Lewandowski, tabela de Coman com Müller e grande jogada de Goretzka, que levou para a canhota e bateu no cantinho. Hradecky tentou, mas não evitou a entrada da bola.

O terceiro gol, ainda antes do intervalo, veio com Gnabry, que teve duas chances para marcar. Na primeira, parou em Hradecky, mas na segunda, não teve jeito… Kimmich fez um lançamento irresistível para o ponta, que tocou por cima do goleiro para marcar o 3 a 1.  O grande soberano Entre as mudanças do intervalo estava o brasileiro Wendell, uma opção mais ofensiva para a lateral esquerda.

O Leverkusen arriscou para tentar se recuperar.  Outro brasileiro que entrou foi Paulinho, mas o desempenho do Leverkusen na segunda etapa foi pouco satisfatório, sem conseguir ameaçar Neuer e companhia.

Já o Bayern era fatal sempre quando no ataque. A vitória, então, virou goleada com um cruzamento cheio de veneno de Müller, que encontrou a cabeçada certeira de Lewandowski.

Os donos da casa encerraram o jogo com posse de bola e um gol, um belíssimo tento do jovem Wirtz, que aproveitou assistência de Paulinho. Mas os três pontos foram mesmo para Munique, onde se acumulam cada vez mais.

O Gol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui