Com um gol já perto do fim, o Atlético Goianiense conseguiu a virada sobre o Bragantino, em Goiânia, por 2 a 1, para se afastar do Z4 do Campeonato Brasileiro.  Com 18 pontos, o Dragão fica em 11° lugar na tabela do Brasileirão, longe da zona de rebaixamento. Já o Massa Bruta, com apenas 12, segue em penúltimo lugar.

Bragantino começa em cima Os melhores momentos do Bragantino na partida foram quando o time adiantou suas linhas para pressionar a saída de bola adversária. Foi assim que o primeiro gol da partida saiu.  A marcação alta teve, sim, sua contribuição. Mas Jean também falhou feio e entregou bola nos pés de Claudinho, que teve toda a categoria para mandar por cima do goleiro e abrir o placar.

]O Massa Bruta recuou depois do gol marcado, baixou suas linhas e deixou o Atlético Goianiense crescer no jogo. Depois de escanteio de Chico, João Victor chegou perto de empatar em chute forte que passou perto da trave.  O Dragão seguiu em cima, até voltar a aparecer uma chance de finalização. Dessa vez, irresistível: Janderson recebeu cruzamento com liberdade e estufou a rede.

Animados, os goianos ainda tiveram uma grande chance de virar no primeiro tempo com Éder, que recebeu de Janderson na cara do gol, mas mandou por cima.  Dragão vira no fim O segundo tempo começou com pressão do Bragantino. Ytalo mandou bola de cabeça na trave e, na sobra, tentou de bicicleta, assustando o goleiro Jean.

Quem também assustou Jean foi o companheiro do goleiro, João Victor. O zagueiro quase marcou contra ao desviar bola de cabeça na área, e a bola passou muito perto.  O Atlético se recuperou do susto e voltou a ameaçar com Marlon Freitas, que recebeu cruzamento de Gustavo Ferrareis e acertou a trave de Júlio César.

A partida foi animada também na segunda parte, com duas equipes ofensivas, em busca da vitória. Everton Felipe quase conseguiu para os donos da casa em belíssimo lance, mas Júlio César fez a defesa e Hyuri desperdiçou o rebote. Hyuri ainda perdeu chance pouco depois, quase na pequena área.

Com mais gás para a pressão final, o Atlético conseguiu a virada já perto dos acréscimos. Matheus Vargas abriu para Matheuzinho, que bateu cruzado e garantiu a virada.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui