Home Esportes Atlético Goianiense aumenta sequência negativa do São Paulo no Brasileiro

Atlético Goianiense aumenta sequência negativa do São Paulo no Brasileiro

0
Atlético Goianiense aumenta sequência negativa do São Paulo no Brasileiro

O São Paulo sonhou com o título do Brasileiro, mas agora vive um verdadeiro pesadelo. Neste domingo, o time de Fernando Diniz foi derrotado pelo Atlético Goianiense, por 2 a 1, e ampliou para seis a sequência de jogos sem vitória. O Tricolor Paulista, que chegou a ter sete pontos de vantagem no topo, agora é o terceiro colocado, com 58 pontos, quatro a menos que o Internacional, que ainda joga pela rodada.

O Atlético Goianiense é o 11º colocado, com 45 pontos, em busca da confirmação da vaga na Sul-Americana. Esquentando aos poucos Os primeiros 20 minutos de Atlético e São Paulo foram frios. Praticamente nada aconteceu, com a promessa de 90 minutos duros de assistir. Bastou uma fagulha, uma grande jogada do Dragão, com corta-luz de Zé Roberto para finalização perigosa de Matheus Vargas, para colocar fogo na peleja.

No sequência, em cobrança de escanteio, a bola sobrou para Natanael, que bateu cruzado da quina da área. Arboleda ainda tentou se colocar na frente, apenas para desviar a trajetória, tirando qualquer chance de defesa da Tiago Volpi. O jogo não parou mais até o intervalo. Luciano quase encontrou o empate pouco depois, em cabeçada que raspou o travessão.

Depois foi a vez de Janderson, na pequena área, chegar meio segundo atrasado para completar cruzamento rasteiro. Jean ainda fez grande defesa em chute de primeira de Igor Gomes. Com 40 minutos, o Tricolor Paulista encontrou o empate com estilo. Igor Gomes fez a jogada pela esquerda e entregou para Reinaldo encher o pé, no ângulo: um belo gol.

E Gabriel Sara ainda teve a chance da virada, errando o alvo com apenas Jean pela frente. Tragédia no fim para Diniz O jogo continuou em bom ritmo depois do intervalo. Vitor Bueno testou Jean logo no recomeço da partida, sem colocar muita força na bola, e Zé Roberto deu a resposta com Zé Roberto, por cima do gol.

As chances não pararam de aparecer para os dois lados. Tiago Volpi impediu o 2 a 1 do Atlético em chute venenoso de Natanael. Arboleda, em bola que cruzou toda a pequena área antes de chegar em seus pés, finalizou desequilibrado e perdeu a chance de colocar o São Paulo na frente. Na sequência, Janderson demorou a arrematar do outro lado e desperdiçou oportunidade ainda mais clara.

Com 38 minutos, o torcedor são-paulino levantou do sofá com cabeçada de Vitor Bueno, no contrapé do goleiro, acertando o travessão. O time de Fernando Diniz foi com tudo para o ataque na reta final, mas, na euforia em busca da virada, acabou deixando sua retaguarda indefesa.

Com 43 minutos, Janderson puxou o contra-ataque em velocidade ainda de sua intermediária, abrindo para Chico na área. Na saída do goleiro, o atacante rolou para Vitor, que só precisou empurrar para a rede, decretando uma dolorosa derrota para o São Paulo, que coloca ainda mais pressão para Diniz.

O Gol 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here