O Athletic de Bilbao deu trabalho mesmo perdendo Raúl García por expulsão ainda no começo da partida, mas o Real Madrid conquistou a vitória na capital, por 3 a 1.  Aproveitando boa sequência, os Merengues chegam aos 26 pontos e igualam Atlético de Madrid e Real Sociedad na liderança, superando nos critérios de desempate.

Os bascos seguem em 14°, com 14.  Raúl García deixa bascos na mão A postura agressiva com a qual o Athletic abordou o jogo nos primeiros movimentos dificultou a saída de bola do Real Madrid. Com isso, a bola chegava com pouca qualidade no último terço do campo.  Demorou dez minutos para os Merengues conseguirem trabalhar a bola com mais qualidade no setor ofensivo. Karim Benzema teve a primeira chance de arremate, mas pegou mal na bola em disparo de canhota.

A resposta dos bascos foi após recuperação de bola no campo de ataque. De Marcos condicionou o rival ao erro e Iñaki Williams teve chance de arremate, mas mandou para fora.  A pressão alta dos visitantes acabou atrapalhada por um descuido de Raúl García. No período de poucos minutos, o meia levou dois cartões amarelos e acabou expulso de campo.

O Athletic foi obrigado a recuar, e o Real avançou, mas criou poucas chances. Vinícius Júnior teve a mais clara delas ao receber cruzamento de Modric na área, mas mandou bola em cima de Unai Simón.  O duelo já se encaminhava para o intervalo quando Toni Kroos conseguiu dar a vantagem aos Blancos.

O alemão recebeu de Vinícius Júnior na entrada da área e bateu no canto para abrir o placar.  Real sofre para vencer Mesmo com um a menos, o Athletic buscou o empate no início do segundo tempo. Ander Capa tabelou com De Marcos e tentou o primeiro arremate. Courtois fez a defesa, mas Capa marcou no rebote.

Vinícius Júnior teve gol anulado logo na sequência, e o Real voltou a remar em busca de uma vantagem. Com linhas recuadas, os bascos não davam muito espaço. Zidane tentou mudar o quadro com Asensio e Isco nos lugares de Vinícius e Fede Valverde.  O cenário da partida, porém, não mudou.

Os Blancos continuaram monótonos, batendo sempre na mesma parede. Até que uma jogada ensaiada fruto de um escanteio surpreendeu a defesa basca: Carvajal recebeu passe atrasado e cruzou na medida para Benzema marcar de cabeça.  Zidane ainda teve de confiar em Courtois para ficar com os três pontos.

Já nos acréscimos, o belga fez uma grande defesa em lance cara a cara de Mikel Vesga. No ataque seguinte, Benzema recebeu de Modric na cara do gol e fechou a conta em 3 a 1.

O Gol 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui