Após novo empate, São Paulo elimina Fortaleza em longa disputa por pênaltis na Copa do Brasil

Emoção não faltou no duelo entre São Paulo e Fortaleza, que definiu o primeiro classificado para as quartas de final da Copa do Brasil. Com a bola rolando, o Tricolor paulista foi melhor no primeiro tempo, abriu vantagem, mas viu o Leão do Pici crescer na partida e buscar o empate no fim, levando o duelo para os pênaltis: 2 a 2.

Nas cobranças, depois de uma longa disputa, com muita tensão e acertos, os paulistas venceram por 10 a 9. Com o resultado, o time comandado por Fernando Diniz se mantém vivo na briga pelo título inédito da competição. O próximo adversário são-paulino será definido por sorteio. Domínio paulista O São Paulo foi superior ao Fortaleza no primeiro tempo, fez 1 a 0, com Brenner, e poderia ter ampliado.

O gol saiu aos dez minutos, quando o jogo ainda era truncado. Daniel Alves mandou na área, Igor Gomes dividiu pelo alto, e a bola sobrou para o atacante, de voleio, abrir o placar. A vantagem não impediu que o time de Fernando Diniz continuasse atacando. As melhores chances foram da equipe da casa. Aos 26, Igor Gomes recebeu na intermediária do ataque, avançou na entrada da área e bateu firme de direita. Pouco depois, Gabriel Sara fez boa jogada no campo de ataque, pela esquerda, e achou Luciano na entrada da área.

O atacante dominou e, mesmo desequilibrado, bateu com perigo. Do outro lado, o Leão do Pici, muito mal no jogo, perdeu as disputas pelo meio e mal conseguiu chegar ao ataque. A primeira finalização foi aos 39 minutos, em chute de longe de David. Fortaleza é valente e busca o empate no fim Na volta do intervalo, o Fortaleza acelerou o jogo e passou a criar inúmeras oportunidades para empatar a partida.

Na primeira, Gabriel Dias recebeu boa bola de Yuri César, invadiu a área, mas viu Tiago Volpi se agigantar para fazer a defesa. Pouco depois, Felipe recebeu na entrada da área, cortou o marcador e bateu forte de direita para mais uma grande intervenção de Volpi. O Tricolor cearense seguiu melhor e foi amadurecendo o gol de empate.

David foi lançado em velocidade, fintou a marcação e finalizou com força. O camisa 1 são-paulino entrou e ação novamente e, em dois tempos, salvou o time da casa. Sem conseguir superar Tiago Volpi, o time de Rogério Ceni ainda sofreu um duro golpe aos 26. Gabriel Sara ganhou dividia pela direita, e colocou na área. Bruno Alves dividiu com a marcação, e a bola sobrou limpa para Brenner, de primeira, marcar mais um belo gol: 2 a 0.

Apesar vantagem do São Paulo, a equipe visitante não se entregou em nenhum momento. Aos 35, após vacilo de Diego Costa, David recebeu de Yuri César, tabelou e disparou em direção ao gol. Com consciência, o atacante tocou na saída de Volpi para diminuir. Nos instantes finais, o Fortaleza se atirou para o ataque na busca pelo empate.

E ele veio. Já nos acréscimos, na base do abafa, Juninho colocou na área, e Roger Carvalho cabeceou firme, no canto, garantindo a igualdade e levando o duelo para a disputa por pênaltis. Volpi brilha, São Paulo avança Nas penalidades, destaque para a eficiência dos batedores. Foram 18 cobranças convertidas de forma consecutiva.

Na 19ª, Gabriel Dias esbarrou em Tiago Volpi, que voou para defender. Na sequência, Léo Pelé foi para a batida e garantiu a classificação são-paulina às quartas de final da Copa do Brasil.

O Gol

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *