Após fim do sonho pelo acesso, Felipão fala em ‘falta de qualidade para sonhar’

A derrota para o Juventude, no Alfredo Jaconi, enterrou de vez as chances de acesso do Cruzeiro. O técnico Luiz Felipe Scolari não esconde que faltou qualidade ao time para brigar pelo retorno para a elite.  “Tivemos mais uma derrota, mas o nosso maior objetivo era chegar aos 44, 45 pontos para fugir do rebaixamento.

Tivemos a oportunidade de sonhar com algumas coisas, mas infelizmente não temos a qualidade necessária para sonhar com isso. Temos que saber dimensionar até onde podemos chegar”, explicou Felipão.  O treinador falou em “falta de qualidade final”, “em determinadas situações do jogo”, e qualificou como “uma grande vitória” se o time evitar o rebaixamento para a Série C.

A Raposa está em 13° lugar, com 44 pontos.  Elenco reconhece defeitos O discurso de Felipão é endossado pelo elenco cruzeirense. Fábio, um dos grandes líderes do vestiário, pediu um time mais forte para a próxima temporada, e fez questão de elogiar Felipão.  “Temos que agradecer muito ao Felipão, porque se ele não tivesse chegado ia ser muito difícil.

A gente estaria em uma situação muito delicada, como estava antes da chegada dele. E o torcedor é dono do Cruzeiro. Tem que lutar junto e fazer uma equipe merecedora de vestir a camisa”, afirmou.

O Gol

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *