A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta terça-feira (8), uma ação para combater fraudes em saques indevidos do auxílio emergencial ocorridas, principalmente, na zona sul de São Paulo.

Denominada operação “Parasita”, a atuação conta com a participação 18 policiais federais que cumprem cinco mandados de busca e apreensão e dois de prisão preventiva, todos eles na capital paulista, destaca a rádio Jovem Pan.

De acordo informações da PF, estima-se que o grupo tenha se apropriado de pelo menos 45 auxílios emergenciais.

Além disso, outros programas sociais para pessoas de baixa renda, como seguro-desemprego e, até mesmo, o Bolsa Família, eram alvos das fraudes criminosas.

Os mandados foram expedidos pela 7ª Vara Criminal da Justiça Federal de São Paulo/SP.

Renova Mídia 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui